"Passaporte covid" será gratuito e privilegia vacinas aprovadas na UE - Plataforma Media

“Passaporte covid” será gratuito e privilegia vacinas aprovadas na UE

O passaporte de vacinação que a Comissão Europeia se prepara para aprovar hoje será emitido de forma gratuita e, apesar de digital, também poderá ter formato físico.

O documento estará escrito em dois idiomas – a língua materna do titular e inglês – e poderá reunir três tipos de certificado: o de vacinação, o do resultado de um teste à covid-19 e um de recuperação da doença.

Segundo o jornal espanhol “El País”, que teve acesso ao projeto, os Estados-membros deverão emitir este passaporte a todos os cidadãos que já receberam uma das vacinas aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento – e que, atualmente, são as vacinas da BioNTech/Pfizer, da Moderna, da AstraZeneca e da Janssen.

No caso das pessoas inoculadas com as vacinas russa ou chinesa, apenas poderão circular sem restrições em países que já tenham legalizado o uso desses fármacos – como a Hungria ou a Eslováquia.

A posse deste passaporte não será, contudo, condição necessária para que os cidadãos da UE possam circular livremente. Segundo o regulamento a aprovar, qualquer pessoa poderá viajar entre países, desde que se submeta às regras de apresentação de testes negativos e/ou de cumprimento de quarentena fixadas por cada Estado. A vantagem do certificado será, portanto, permitir ao titular evitar submeter-se a essas restrições.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
MundoSociedade

Companhias áreas reivindicam fim de restrições no verão na UE

MundoPolítica

Ministros do Ambiente da UE discutem estratégia de adaptação às alterações climáticas

MundoPolítica

Parlamento Europeu aprova certificado covid-19

MoçambiquePolítica

Cabo Delgado: União Europeia promete “apoio concreto” numa “abordagem integrada”

Assine nossa Newsletter