Suposto curandeiro manda queimar uma aldeia angolana por alegadamente ser habitada por feiticeiros - Plataforma Media

Suposto curandeiro manda queimar uma aldeia angolana por alegadamente ser habitada por feiticeiros

A aldeia de Sachenga, no município de Camacupa, província do Bié, foi queimada por sete indivíduos por terem sido alegadamente orientados por um curandeiro que acusou todos seus habitantes de serem feiticeiros e que estariam implicados na morte de um soba.

A aldeia de Sachenga, no município de Camacupa, província do Bié, foi queimada por sete indivíduos por terem sido alegadamente orientados por um curandeiro que apontou todos seus moradores como sendo feiticeiros e que estão implicados na morte de um soba. São no total 13 famílias, constituídas por 49 pessoas, que ficaram ao relento em consequência deste acto que deixou, desde o início deste mês, incrédulos os habitantes da comuna do Cuanza. Daniel Sandala, regedor da aldeia.

Leia mais em O País

Artigos relacionados
AngolaPolítica

Sobas pedem intervenção de João Lourenço na melhoria das condições de vida do povo

AngolaSociedade

Angolanos confiam mais em religiosos e sobas do que nos governantes

Assine nossa Newsletter