Presidência da UE. Portugal lidera em "momento crucial" - Plataforma Media

Presidência da UE. Portugal lidera em “momento crucial”

Palavra Portugal assume hoje o comando da União Europeia, numa altura “crucial para a Europa”, naquela que é a quarta vez que preside ao Conselho da UE.

Quando passou o testemunho a António Costa, a chefe do governo alemão, Angela Merkel reconheceu que “ficaram muitas questões em aberto para a presidência portuguesa” do Conselho da União Europeia. O conjunto de encargos do governo português vai desde o combate às alterações climáticas à recuperação da economia, com principal foco nas questões sociais.

“Desejo as melhores felicidades ao meu sucessor, António Costa”, atirou a chanceler Angela Merkel, ela própria ciente da exigência do cargo, numa Europa pressionada pelo impacto da covid-19, que já deixou marcas na economia, nos hospitais e na saúde. Por isso mesmo, Merkel acrescentou o tópico à agenda que os portugueses vão assumir a partir de 1 de janeiro, apontando o trabalho para “uma União Europeia da saúde” como uma prioridade.

Esta é a primeira presidência portuguesa com o Tratado de Lisboa em vigor que, na prática, condiciona muito do trabalho que pode ser realizado, já que criou a figura do presidente do Conselho Europeu, responsável pela coordenação dos trabalhos nas reuniões cimeiras. Além disso, a figura do alto-representante para a Política Externa também determina e condiciona a agenda externa.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaSociedade

Covid-19: UE, OMS e Governo timorense lançam parceria para reforço do combate à doença

Política

Partido conservador alemão aposta na continuidade com a era Merkel

Política

Três homens na corrida a líder da CDU. Para suceder a Merkel o favorito é outro

Política

Votação essencial para sucessão de Angela Merkel na Alemanha

Assine nossa Newsletter