Costa aponta 2021 como ano "decisivo para Portugal" - Plataforma Media

Costa aponta 2021 como ano “decisivo para Portugal”

Primeiro-ministro defende, em mensagem publicada no Jornal de Notícias, que “a mobilização extraordinária dos portugueses” face à pandemia “tem de prosseguir agora orientada para a reconstrução”.

Sem perder o olhar na pandemia que “varreu o Mundo”, “dizimou vidas e gerou a maior crise económica global” da nossa existência, António Costa destaca a “mobilização coletiva dos portugueses” para fazer face ao impacto da crise de saúde pública e garante que 2020 foi um ano em que os cidadãos reforçaram “o sentimento de pertença a uma comunidade que não abdicou da esperança, resistiu, lutou” e “se superou enquanto nação”.

Assim, sustenta o primeiro-ministro, ultrapassamos a primeira vaga da pandemia e prosseguimos na contenção da segunda vaga e prevenção de recrudescimentos. Lembrando a importância de “um robusto Estado Social” e de “finanças públicas equilibradas”, Costa sublinha a resposta da escola pública, da Segurança Social e sobretudo do SNS, “que respondeu a uma pressão sem precedentes” nos seus 41 anos.

No texto publicado no Jornal de Notícias, o chefe do governo salienta que o último ano foi também “um momento definidor do projeto europeu”. Desta vez, escreve António Costa, “as instituições europeias foram céleres e assertivas na resposta que deram”, sobretudo com o que apelida de “decisões históricas”: a da “compra conjunta de vacinas anti-Covid e e da emissão comum de dívida” para financiar o programa de recuperação económica.

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Covid-19: Porque "temos de parar isto", país recua quase um ano

PolíticaPortugal

Costa deseja a Marcelo rápida recuperação e manterá contacto permanente

MundoPolítica

Presidente do Conselho Europeu reúne-se hoje com António Costa

ChinaMundo

Bloquear acordo UE-China em função dos EUA seria “péssimo sinal”, diz Costa

Assine nossa Newsletter