Covid-19: Macau foi das economias asiáticas mais afectadas - Plataforma Media

Covid-19: Macau foi das economias asiáticas mais afectadas

A Organização Internacional do Trabalho estima que Macau foi o território da região Ásia-Pacífico cuja economia foi mais afectada pela crise gerada pela pandemia.

O relatório global da instituição pertencente às Nações Unidas traça um cenário de agravamento de assimetrias e discriminações laborais, sintoma socioeconómico da covid-19.

Macau foi a região que mais sofreu economicamente com a crise gerada pela pandemia, de acordo com o mais recente relatório para a área Ásia-Pacífico da Organização Internacional do Trabalho (OIT), uma agência das Nações Unidas.

O relatório, cujo título traduzido em português será algo como “Perspectiva social e de emprego na Ásia-Pacífico”, destaca a “característica impressionante” da crise da covid-19 por não ter poupado nenhum país ou região em termos económicos.

A OIT confronta as perspectivas de crescimento económico do Fundo Monetário Internacional (FMI) para 2020 divulgadas em Outubro de 2019 e as estimativas mais recentes. A maior queda foi a registada por Macau, com a revisão apontar para uma contração de 52 por cento. As Maldivas ocupam o segundo lugar com um recuo de 19 por cento.

Leia mais em Hoje Macau

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MacauPolítica

Wang Sai Man pede mecanismo para contratação de TNR retidos

MacauSociedade

Covid-19: Vacinação em Macau voluntária e gratuita

CulturaMacau

Covid-19: Autoridades cancelam atividades de fim do ano em Macau

EconomiaMacau

Ho Iat Seng destaca infra-estruturas na recuperação económica

Assine nossa Newsletter