China define teto salarial de três milhões de euros para futebolistas estrangeiros - Plataforma Media

China define teto salarial de três milhões de euros para futebolistas estrangeiros

Regra será aplicada a partir de 01 de janeiro de 2021 incluindo a jogadores que já estão a jogar no campeonato chinês

A Federação Chinesa de Futebol (CFA) anunciou, esta terça-feira, que limitará os salários dos jogadores estrangeiros a atuarem nos campeonatos nacionais a três milhões de euros anuais, uma medida que poderá afastar a chegada de grandes nomes da modalidade.

“O salário individual dos jogadores estrangeiros durante uma temporada não pode ultrapassar os três milhões de euros, antes de ser aplicada a taxa de impostos. Esta política visa conter as bolhas de investimento nos nossos campeonatos e promover o desenvolvimento saudável e sustentável do futebol profissional”, justificou a CFA, na sua página oficial na Internet.

Esta regra aplicar-se-á a partir de 01 de janeiro de 2021 para todos os jogadores estrangeiros, incluindo aqueles que, atualmente, estão a jogar na China, mas, de acordo com o organismo, os jogadores com um vencimento superior a três milhões de euros poderão assinar com os seus clubes “um acordo adicional para acordar uma forma de pagamento da diferença”.

Leia mais em O Jogo

Artigos relacionados
ChinaEconomia

China continua a ser a economia mais robusta da Ásia-Pacífico

Assine nossa Newsletter