Após rasto de tragédia Boeing 737 MAX volta ao céu no Brasil - Plataforma Media

Após rasto de tragédia Boeing 737 MAX volta ao céu no Brasil

O avião 737 Max da Boeing regressou hoje aos céus, num voo da companhia aérea brasileira Gol, depois de ter estado sem voar desde março de 2019, após dois acidentes graves ocorridos na Indonésia e na Etiópia.

O 737 Max da Boeing, que passou por modificações e inúmeros testes desde os dois desastres aéreos, foi usado pela Gol numa viagem entre as cidades brasileiras de São Paulo e Porto Alegre, com cerca de 01:30 de duração.

Com sete tripulantes e capacidade para 186 passageiros, o voo estava 88% lotado, segundo um comissário ouvido pela agência France-Presse (AFP).

A maioria dos viajantes não se apercebeu que estava a bordo de um Boeing 737 Max, no primeiro voo deste modelo de avião em 20 meses.

Em novembro passado, autoridades americanas e depois brasileiras deram luz verde para a volta da operações com o 737 Max, que parou de voar em todo o mundo em março de 2019 depois que acidentes na Indonésia e na Etiópia, com apenas cinco meses de intervalo, mataram um total de 346 pessoas.

No mês passado, a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos e os órgãos reguladores na Europa abriram caminho para o retorno dos voos com o Boeing 737 Max, prescrevendo um novo ‘software’ de controlo de voo e outras mudanças na aeronave.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilMundo

Boeing tenta reconquistar passageiros para o 737 MAX após 20 meses de suspensão

BrasilSociedade

Brasil aprova regresso ao país de voos com o Boeing 737-8 MAX após acidentes

MundoSociedade

Serão necessários 8 mil aviões Jumbo para entregar vacina por todo o mundo

MundoSociedade

Pilotos do Boeing ucraniano abatido pelo Irão em janeiro sobreviveram ao primeiro míssil

Assine nossa Newsletter