Desembargadora que ofendeu Marielle é eleita para órgão que vai julgar Flávio Bolsonaro - Plataforma Media

Desembargadora que ofendeu Marielle é eleita para órgão que vai julgar Flávio Bolsonaro

Marília de Castro Neves vai integrar grupo do TJ do Rio responsável por analisar caso das ‘rachadinhas’

Condenada por ofender a memória de Marielle Franco, vereadora do PSOL assassinada em 2018, a desembargadora Marília de Castro Neves foi eleita nesta segunda-feira (30) para integrar o Órgão Especial do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), que tem como atribuição julgar autoridades com foro especial.

O colegiado, formado por 25 magistrados, será responsável por analisar denúncia que envolve o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso das “rachadinhas”, quando ele era deputado estadual na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
MundoSociedade

Poderoso lobby de armas nos EUA pede falência para fugir da justiça

AngolaPolítica

Oposição angolana defende justiça mais independente e que inspire mais confiança

BrasilDesporto

Ministério Público brasileiro investiga suposta festa de passagem de ano de Neymar

BrasilSociedade

Filho de fundador das Casas Bahia é acusado de violação

Assine nossa Newsletter