Sustentabilidade do transporte marítimo depende da captação e retenção de pessoas - Plataforma Media

Sustentabilidade do transporte marítimo depende da captação e retenção de pessoas

Cerca de dois milhões de pessoas trabalham a bordo de navios de mar em todo o mundo; 7,5% são mulheres

De acordo com relatório publicado pela International Chamber of Shipping (ICS) intitulado “Diversity Tracker”, “o transporte marítimo é o motor do comércio global, transportando mais de 90% do comércio mundial em termos de tonelagem e possibilitando a movimentação de milhões de passageiros. São essenciais pessoas devidamente qualificadas para garantir um transporte seguro, ecologicamente correto e eficiente.”

O relatório estima que mais de 1 647 500 pessoas trabalham em navios, incluindo petroleiros, graneleiros, porta-contentores e navios de passageiros. Do número total de pessoas indicadas, 16 500 (1%) são mulheres.

A este número devem ainda ser adicionadas cerca de 300 000 a 350 000 pessoas que trabalham em navios de cruzeiros, das quais 28 a 30% são mulheres. Em média, considerando todos os tipos de navios, o estudo refere que 7,5% das pessoas que trabalham atualmente a bordo de navios são mulheres.

Conclui ainda que “a sustentabilidade deste setor depende da capacidade de continuar a atrair novos candidatos e a reter os atuais profissionais”.

Captar e preparar pessoas para o desenvolvimento de carreiras a bordo de navios revela-se assim uma iniciativa fundamental, garante a Agência Portuguesa de Marítimos (Apormar) que já realizou mais de 100 ações de “Formação Trabalhar num Navio” em formato presencial.

Após vários meses de desenvolvimento e aproveitando a experiência adquirida, a ataul pandemia levou a Apormar a lançar agora a formação à distância, em ambiente e-Learning. “O conhecimento fundamental para conseguir emprego e construir uma carreira a bordo de navios de cruzeiros, iates ou carga, está agora mais perto das pessoas que vivem longe de Lisboa e das pessoas que residem nos países de língua oficial portuguesa”, pode ler-se no comunicado enviado às redações.

Artigos relacionados
FuturoLifestyle

Rufias dos oceanos? Polvos captados a esmurrar peixes

MundoSociedade

Unidos pela saúde dos oceanos

Mundo

Oceanos mais estáveis podem originar consequências terríveis

FuturoLifestyle

Investigadores encontram 'Rainha do Oceano', tubarão-fêmea de 1,6 tonelada

Assine nossa Newsletter