China condena ex-presidente do Hengfeng Bank à pena de morte por corrupção - Plataforma Media

China condena ex-presidente do Hengfeng Bank à pena de morte por corrupção

O tribunal determinou que os seus direitos políticos fossem anulados e os seus bens confiscados. A sentença indicou que Cai Guohua aproveitou-se da sua posição para “ocupar ilegalmente propriedades do bancos em benefício próprio”

O banqueiro chinês Cai Guohua, ex-presidente do banco Hengfeng Bank, foi esta sexta-feira condenado à pena de morte, com suspensão de dois anos, por desvio de fundos, abuso de poder, corrupção e por receber subornos e empréstimos ilegais.

O Tribunal Popular Intermédio da cidade de Dongying, na província de Shandong, nordeste da China, explicou num comunicado divulgado na rede social Weibo que se Cai não cometer mais crimes, nos próximos dois anos, a sua sentença será comutada para prisão perpétua.

O tribunal acrescentou que os seus direitos políticos foram anulados e os seus bens confiscados. A sentença indicou que Cai aproveitou-se da sua posição para “ocupar ilegalmente propriedades do bancos em benefício próprio”.

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: English

Related posts
ChinaHong Kong

Pequim promete impedir interferências em Macau e Hong Kong

EconomiaEntrevista

André Jordan: "Considero o crescimento da China muito positivo para o mundo"

Assine nossa Newsletter