Mutação do vírus encontrada em martas detetada em 214 pessoas -

Mutação do vírus encontrada em martas detetada em 214 pessoas

Uma mutação do vírus SARS-CoV-2 encontrada em martas (ou visons) na Dinamarca foi detetada também em 214 pessoas no país, de acordo com os últimos dados publicados pelo “Statens Serum Institut”, centro de referência dinamarquês de doenças infecciosas.

Entre os infetados, 14 foram detetados fora da região da Jutlândia do Norte, onde o Governo dinamarquês anunciou na quinta-feira a imposição de restrições de movimento e depois de decidir abater cerca de 17 milhões de martas.

A primeira-ministra dinamarquesa, Mette Frederiksen, disse, num comunicado, que os cidadãos daquela região não poderão deixar os seus municípios nas próximas quatro semanas.

Além disso, durante esse período, a indústria hoteleira da região estará encerrada e todos os eventos culturais e desportivos serão suspensos. As escolas permanecerão abertas.

“A infeção entre as quintas de visons está a aumentar em número e extensão geográfica, sem que medidas preventivas tenham funcionado”, admitiu o Statens Serum Institut.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Costa admite estado de emergência em Portugal até ao fim da pandemia

MundoSociedade

Sri Lanka resgata 120 baleias que encalharam na costa

PortugalSociedade

Covid-19 foi responsável por uma em cada nove mortes na última semana

ChinaEconomia

Macau: Pandemia expôs desafios do plano da Grande Baía, defende académico

Assine nossa Newsletter