Brasil classifica como "secretos" dados da visita de Pompeo à fronteira com Venezuela - Plataforma Media

Brasil classifica como “secretos” dados da visita de Pompeo à fronteira com Venezuela

Telegramas diplomáticos sobre viagem do secretário de Estado dos EUA a Boa Vista ficarão em sigilo por 15 anos, decidiu o Ministério das Relações Exteriores do Brasil

O Itamaraty impôs segredo, até 2035, às informações trocadas pelos postos diplomáticos a respeito da controversa visita do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, à fronteira do Brasil com a Venezuela.

Pompeo foi ciceroneado pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante viagem a Boa Vista em 18 de setembro. Ele foi a Roraima em meio à campanha do presidente Donald Trump à reeleição.

O ministério classificou como secretos os telegramas diplomáticos que registram a preparação e os motivos da viagem, assim como os documentos produzidos posteriormente, com as impressões sobre a visita. Procurado, o Itamaraty não respondeu por que razão classificou os documentos como secretos.

No Brasil, Pompeo fez duro discurso contra o regime do ditador Nicolás Maduro, a quem se referiu como narcotraficante. Ernesto seguiu a mesma linha e chamou o governo da Venezuela de narcorregime.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
ChinaPolítica

Pompeo acusa a China de ser o maior perigo para a liberdade religiosa

ChinaEconomia

EUA-China: "A inação está a tornar-se insuportável e perigosa para a Europa”

MundoPolítica

Mike Pompeo esteve no Vaticano mas não viu o Papa

ChinaMundo

Pompeo deve chegar à Ásia para negociações sobre a China e Coreia do Norte

Assine nossa Newsletter