Autoridades preocupadas com a violação das regras sanitárias - Plataforma Media

Autoridades preocupadas com a violação das regras sanitárias

A Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19 condena “veementemente” a prática de actos e a realização de actividades que desobedecem o disposto no Decreto Presidencial nº 256/20, de 8 de Outubro.

De acordo com um comunicado da Comissão, estas práticas põem em causa a saúde individual e em grande risco a saúde colectiva dos angolanos, pelo que insta as autoridades administrativas e de segurança pública para a adopção das medidas necessárias à garantia do cumprimento das normas em vigor e à salvaguarda da vida.

No comunicado, a Comissão reitera o apelo a todos os cidadãos para a observância das medidas de protecção individual e colectiva orientadas pelas autoridades sanitárias. Refere que tem acompanhado com bastante preocupação a prática destes actos e a realização de actividades que desobedecem o disposto no Decreto Presidencial nº 256/20, de 8 de Outubro, sobre a Situação de Calamidade Pública, como a ida às praias.

A Comissão lembra que as praias continuam interditas e não podem ser frequentadas pelos cidadãos, assim como as zonas balneares e piscinas de acesso ao público.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaSociedade

Autoridades de saúde elogiam suspensão de aulas presenciais na Escola Portuguesa de Luanda

AngolaEconomia

Sonangol diminui investimentos e custos para manter fluxos de caixa

AngolaEconomia

Angola com dificuldades em garantir novos financiamentos para saldar dívida

AngolaEconomia

Queda da moeda afunda economia do país

Assine nossa Newsletter