Desemprego atinge 14 milhões de brasileiros pela primeira vez durante a pandemia - Plataforma Media

Desemprego atinge 14 milhões de brasileiros pela primeira vez durante a pandemia

A taxa de desemprego no Brasil subiu de 13,7% na terceira semana de setembro para 14,4% na quarta semana do mês, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19), divulgados nesta sexta-feira, 16, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Em apenas uma semana, houve aumento no número de pessoas buscando emprego, e redução no total de trabalhadores ocupados.

A população desempregada foi estimada em 14 milhões de pessoas na quarta semana de setembro, cerca de 700 mil a mais que o registrado na semana anterior, quando essa população totalizava 13,3 milhões.

O total de ocupados foi de 83 milhões na quarta semana de setembro, 700 mil a menos que o patamar da semana anterior, quando havia 83,7 milhões de pessoas ocupadas.

Cerca de 2,7 milhões de trabalhadores, o equivalente a 3,3% da população ocupada, estavam afastados do trabalho devido às medidas de isolamento social na quarta semana de setembro. O resultado representa cerca de 100 mil pessoas a menos que o patamar de uma semana antes, quando esse contingente somava 2,8 milhões ou 3,4% da população ocupada.

Leia mais em ISTOÉ

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Desemprego bate novo recorde e chega a 14,6% no Brasil

BrasilEconomia

Pandemia fez o Brasil atingir o menor nível de emprego em quase 30 anos

BrasilEconomia

A cada três brasileiros, dois acham que desemprego vai aumentar, revela estudo

PolíticaPortugal

"Pode haver desemprego massivo em Portugal." OE2021 não contempla o pior cenário

Assine nossa Newsletter