Idosa de 103 anos sobrevive à Covid-19 no México - Plataforma Media

Idosa de 103 anos sobrevive à Covid-19 no México

Uma mexicana de 103 anos, que sofre de um problema pulmonar grave, recuperou-se da covid-19, após ficar hospitalizada por 11 dias, informou o Instituto Mexicano de Seguro Social (IMSS).

A mulher sofre de DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), “provocada por cozinhar durante muito tempo à lenha”, mas não tem hipertensão, diabetes ou obesidade, agravantes em pacientes com o novo coronavírus, “o que contribuiu para o êxito de seu tratamento”, informou o IMSS em um comunicado divulgado no sábado.

Dona Maria, como foi identificada, deu entrada em 22 de setembro em um hospital de Jalisco (oeste), com coriza, febre e dificuldade respiratória, mas não precisou ser colocada em um respirador mecânico.

“Sempre esteve muito animada, consciente, conversando com os médicos. Mesmo no final, recomendou que nos cuidássemos. Sua evolução foi muito boa, os sintomas desapareceram”, disse o diretor do hospital, David Sánchez, citado no comunicado. 

A mulher teve alta na sexta-feira. Em imagens difundidas pelo IMSS era vista aplaudindo os médicos enquanto deixava o hospital em cadeira de rodas.

O México acumula mais de 750.000 contagiados e quase 80.000 mortos pela covid-19 desde que o vírus começou a ser registrado no país, no fim de fevereiro.

Até 11 de agosto, 78 pessoas centenárias, tinham sido diagnosticadas no México com a covid-19, das quais 23 morreram (29,3%), segundo dados oficiais.

Um dos casos mais surpreendentes é o de um homem de 118 anos, originário de Tabasco (sudeste, no Golfo do México), que apresentou sintomas em 25 de julho passado.

Ele não tinha nenhuma das doenças de base associadas a um risco maior de morte pelo novo coronavírus, e apenas precisou de atendimento ambulatorial.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Sociedade

Covid-19: Recuperação em África será lenta e desigual

PortugalSociedade

Mais 87 mortes e 4868 casos de Covid-19 em Portugal

PortugalSociedade

Portugueses apoiam restrições às viagens no Natal e Ano Novo

Cabo VerdePolítica

Banco Mundial dá 4,18 ME a Cabo Verde para financiar vacinas

Assine nossa Newsletter