185 Lulas e 84 Bolsonaros vão a votos nas eleições municipais - Plataforma Media

185 Lulas e 84 Bolsonaros vão a votos nas eleições municipais

Sufrágio autárquico brasileiro marcado para 15 de novembro será, como sempre, um desfile de candidatos exóticos com alcunhas mais ou menos doidas inspiradas em políticos, em super-heróis, em Deus e no diabo.

Mesmo atrasadas por causa da pandemia, as eleições municipais no Brasil estão à porta. E, como de costume, entre o meio milhão de candidatos a prefeitos e vereadores, imperam as alcunhas curiosas.

Para se ter uma noção, só Bolsonaros concorrem 84. Dos quais apenas três, uma ex-mulher, um primo e um filho do presidente têm, de facto, o apelido no nome.

Há três Trumps – um deles, concorrente em Brusque, no estado de Santa Catarina, apresenta-se nas urnas com duas alcunhas acumuladas, é o Donald Trump Bolsonaro.

Mas o presidente do Brasil perde para um dos seus antecessores, Lula, nome escolhido por 185 candidatos. E até para um deputado, Tiririca, o palhaço que se elegeu para Brasília em 2010 sob o slogan “vota em mim, pior do que está, não fica”. Serão 99 Tiriricas nas municipais de 15 de novembro.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Brasil: cresce número de candidaturas coletivas às eleições municipais

Assine nossa Newsletter