Surströmming, a iguaria sueca com um cheiro que se tornou desafio online - Plataforma Media

Surströmming, a iguaria sueca com um cheiro que se tornou desafio online

Quando a chef Malin Soderstrom abriu a lata, o ar preso escapou com um assobio e encheu a varanda do seu restaurante à beira-mar com o odor pungente da infame iguaria sueca surströmming. Foi este cheiro que catapultou este prato sueco para o estrelato online, onde se tornou um desafio difícil de superar.

Comparado com o cheiro de ovos podres, o surströmming – arenque fermentado – ganhou um grande grupo de apreciadores online, onde os ousados gastrónomos se filmam a provar aquele peixe, que deve ser aberto ao ar livre por causa do cheiro nauseabundo, e de preferência debaixo de água num balde.

Do seu restaurante à beira-mar na pequena aldeia piscatória de Skarsa, a mais de 200 quilómetros a norte de Estocolmo, sedeado numa antiga fábrica de processamento de arenque, Soderstrom tenta defender a reputação da iguaria.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter