Separação económica entre EUA e China está "longe de se realizar" - Plataforma Media

Separação económica entre EUA e China está “longe de se realizar”

O ex-chefe da divisão chinesa no Fundo Monetário Internacional Eswar Prasad considerou que as economias da China e dos EUA estão estreitamente ligadas e uma separação está “longe de acontecer”.

“Estas duas economias ainda mantêm uma forte e estreita ligação”, disse Prasad, citado pela CNBC.

“Afinal – admitiu – é muito difícil para as duas maiores economias mundiais pararem de se entrelaçar em diferentes dimensões”.

Eswar Prasad, atual professor de comércio na universidade nova-iorquina de Cornell, constatou que Pequim está a reformar “proactivamente os respetivos mercados de capitais” permitindo assim que estes desempenhem um papel maior no regime cambial.

“Isso vai estar ligado ao desenvolvimento do mercado de capitais chinês, fator que a liderança do país sabe ser crucial para o crescimento sustentável da China no futuro”, concluiu o economista.

Assine nossa Newsletter