Empresas angolanas alvo de mais de um milhar de ataques informáticos - Plataforma Media

Empresas angolanas alvo de mais de um milhar de ataques informáticos

Mil e 117 ataques cibernéticos contra empresas públicas, privadas e pessoas singulares foram registados no primeiro semestre deste ano em Angola, a informação foi avançada ao Jornal de Angola, pelo Director Nacional de Cibersegurança do Ministério das Telecomunicações Tecnologias de Informação e Comunicação Social Hediantro Wilson Mena.

Os ataques à banca totalizaram os 6.9 por cento, enquanto os telemóveis suportaram 34,9 por cento, devido à inobservância de medidas de segurança por parte dos usuários. Segundo a fonte, neste momento Angola é o segundo país que mais ataques cibernéticos registou no continente africano, de uma lista liderada pela Nigéria.

Hediantro Mena avançou a clonagem de cartões de crédito, transferências ilícitas via internet banking, venda simulada de produtos via Internet, espionagem e incitamento à violência como fatores que têm provocado prejuízos à economia.
Consta ainda da lista o acesso ilegítimo de programas, sabotagem e falsidade informáticas, inutilização do sistema informático, ameaças virtuais, fraude de computadores e programa espião.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Ataque informático contra tribunal eleitoral do Brasil partiu de Portugal

MundoSociedade

Agentes da inteligência militar russa acusados nos EUA por ataques cibernéticos

MacauSociedade

Ataque informático à Escola Portuguesa de Macau com possível origem na Ucrânia

Assine nossa Newsletter