Espanha proíbe fumar nas ruas e fecha bares em todo o país

por Rute Coelho

Comunidades espanholas relataram 3 mil novos positivos na quinta-feira, o maior número desde abril. Ministro da saúde de Espanha anunciou 11 medidas e três recomendações

O ministro da Saúde de Espanha, Salvador Illa, anunciou esta sexta-feira 11 medidas e três recomendações após uma região de urgência com as comunidades autónomas perante o aumento dos casos de coronavírus no país. Entre as medidas estão o fecho de bares discotecas e a proibição de fumar para todo o país se a distância de dois metros não puder ser respeitada.

O ministro fez também três recomendações: limitar as confraternizações ao grupo de convivência mais próximo, que os ajuntamentos tenham um máximo de 10 pessoas e que os trabalhadores dos centros de saúde sejam testados com frequência.

Foi a segunda vez nesta semana que Illa se reúne com os representantes regionais, após a reunião de quarta-feira dedicada a rever a situação dos surtos.

Esta decisão chega num momento particularmente delicado. Por um lado, os dados sobre a evolução da pandemia na Espanha continuam a piorar. Nesta quinta-feira, as várias comunidades relataram 2.935 novos positivos de covid-19 nas últimas 24 horas.

Leia mais em Diário de Notícias

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!