Início » Governo vai compensar CP por perdas causadas pela pandemia

Governo vai compensar CP por perdas causadas pela pandemia

Pedro Nuno Santos garante que não se trata de nenhum “favor” à Comboios de Portugal e que agora haverá um “contrato de serviço público que vai dar um valor justo à CP”.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação disse esta quarta-feira, no Entroncamento, que o Estado vai ter de compensar a CP pelas perdas sofridas devido à Covid-19, valores que a empresa estima na ordem dos 150 milhões de euros.

Pedro Nuno Santos, que visitou as oficinas da CP no Entroncamento, onde estão a ser recuperadas unidades, nomeadamente para a Linha de Sintra, afirmou que o Estado “tem de fazer justiça à CP” e pagar à empresa pelo serviço que lhe é imposto.

“A CP sofre com a Covid e com um subfinanciamento crónico. Nós normalmente vamos ouvindo que a CP é um buraco, custa muito dinheiro ao país. A verdade é que a CP tem trabalhado ao longo dos anos sem receber do Estado aquilo que é seu por direito”, disse.

Falando ao lado do presidente da CP, Nuno Freitas, antes de uma viagem numa Unidade Quádrupla Elétrica, cuja reabilitação foi concluída no Entroncamento e que vai reforçar a frota de comboios ao serviço na Linha Urbana de Sintra, o ministro salientou o facto de, “pela primeira vez na história” da empresa, existir um contrato de serviço público, que estabelece as obrigações de ambas as partes.

Leia mais em TSF

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!