Encontro histórico entre presidentes de Itália e Eslovénia para lembrar massacre - Plataforma Media

Encontro histórico entre presidentes de Itália e Eslovénia para lembrar massacre

De mãos dadas, Sergio Mattarella e Borut Pahor assinalaram o Massacre das Foibe, onde milhares de italianos perderam a vida às mãos do regime de Tito e da antiga Jugoslávia    

Pela primeira vez na história, o presidente de um país integrante da antiga Iugoslávia prestou homenagem a vítimas italianas de um massacre promovido pelas tropas do marechal Josip Broz Tito após a Segunda Guerra Mundial.   

Num evento sem precedentes, os presidentes da Itália, Sergio Mattarella, e da Eslovénia, Borut Pahor, se reuniram nesta segunda-feira (13) para relembrar o Massacre das Foibe, quando milhares de pessoas que se opunham à anexação da região italiana de Friuli Veneza Giulia pela Iugoslávia foram assassinadas. 

As vítimas eram jogadas com ou sem vida em buracos formados pela ação da água no solo, chamados na Itália de “foibe”. Estimativas apontam que de 5 mil a 17 mil italianos morreram na perseguição jugoslava, sendo que a maioria residia na cidade de Trieste e nas regiões croatas da Ístria e da Dalmácia. 

Leia mais em Isto É

Artigos relacionados
DesportoPortugal

João Almeida, um campeão do sofrimento: a equipa, a gestão e os recordes

DesportoMundo

Presidente da Sampdoria pede volta do público: "Ninguém morre de Covid-19"

MundoSociedade

Detida em Milão italiana que recebeu meio milhão de euros do Vaticano

MundoSociedade

Itália proíbe festas, restringe futebol e recomenda máscaras dentro de casa

Assine nossa Newsletter