Presidente da EDP suspenso de funções - Plataforma Media

Presidente da EDP suspenso de funções

António Mexia e João Manso Neto foram suspensos de funções pelo juiz Carlos Alexandre

O presidente da EDP, António Mexia, e o presidente da EDP Renováveis, João Manso Neto, foram suspensos de todas as funções que desempenham na elétrica. A decisão foi tomada pelo juiz Carlos Alexandre, no âmbito da investigação do caso EDP.

O juiz Carlos Alexandre aprovou a proposta do Ministério Público, validando as medidas de coação pedidas pelo órgão judicial. As medidas de coação incluem a proibição de entrada nas instalações dos edifícios da elétrica. Além disso, Mexia e Manso Neto ainda impedidos de viajar até ao estrangeiro e serão ainda obrigados à entrega do passaporte.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
EconomiaPolítica

António Mexia deixa a EDP

EconomiaPortugal

Moody’s reafirma rating da EDP após compra da Viesgo

PortugalSociedade

Ex-secretário de Estado da Energia constituído arguido no 'Caso EDP'

EconomiaPortugal

EDP constituída arguida no caso das rendas excessivas

Assine nossa Newsletter