Atirou fogos contra o Supremo, ameaçou um juiz e não está arrependida - Plataforma Media

Atirou fogos contra o Supremo, ameaçou um juiz e não está arrependida

A bolsonarista Sara Winter divulgou um vídeo na madrugada de quinta-feira após deixar a Penitenciária Feminina do Distrito Federal, onde ficou 10 dias. Ela participou de ataques com fogos de artifício contra o Supremo Tribunal e ameaçou a vida do juiz conselheiro Alexandre de Moraes

Na gravação, a ativista, líder do braço armado da extrema-direita no Brasil, afirma que ainda não sabe o motivo que a levou para cadeia.

“Boa noite, Sara Winter. O que sobrou da Sara e o que está renascendo da Sara. Foram 10 dias baixo uma prisão arbitrária que até agora não sei o motivo, talvez eu nunca saiba”, escreveu a bolsonarista na rede social Twitter.

Leia mais em ISTOÉ

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Eleitos

Não passarão!

Eleitos

Diabolizar a extrema-direita e branquear a extrema-esquerda.

MundoPolítica

Partido de extrema direita alemão destituiu membro que propôs ‘gasear’ migrantes

PolíticaPortugal

Marine Le Pen considera Ventura "grande líder político"

Assine nossa Newsletter