Nova companhia aérea para ajudar Hainão - Plataforma Media

Nova companhia aérea para ajudar Hainão

Governo chinês quer aumentar turismo na região de Hainan

A segunda maior companhia aérea chinesa lançará uma nova empresa, mesmo que a pandemia do coronavírus tenha causado um colapso global no setor de viagens e no número de passageiros. Por trás do paradoxo, a estratégia é coerente com a retomada do consumo doméstico no gigante asiático.

Não se trata uma aventura improvisada. Para lançar sua nova companhia aérea, a China Eastern Airlines reuniu fortes parceiros e aliados. Entre eles, a Juneyao Airlines (Shanghai) e, especialmente, a Trip.com, líder em viagens on-line no mercado chinês. Um projeto centrado em um dos principais destinos turísticos da China: a ilha de Hainan, apelidada de “pequena Tailândia”, com seus oito milhões de habitantes e seu status de zona franca (pouco ou nada taxada pelos impostos).

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Cabo VerdePolítica

Cabo Verde reabre para voos comerciais internacionais na segunda-feira

AngolaSociedade

TAAG perde 155 milhões de dólares em seis meses, revela CEO

BrasilPortugal

Vai nascer uma fábrica de aviões no Alentejo. E promete criar 1200 empregos

AngolaEconomia

Emirates retoma voos para Angola a partir de 1 de outubro

Assine nossa Newsletter