É oficial. O plástico está, literalmente, a cair do céu - Plataforma Media

É oficial. O plástico está, literalmente, a cair do céu

Micropartículas detetadas no ar são consistentes com as que se acumulam no tecido pulmonar. O plástico já domina os quatro cantos do planeta (chega mesmo aos locais mais remotos) e nem os cientistas queriam acreditar nos resultados recolhidos.

Que os oceanos estão carregados de toneladas de plástico, ameaçando peixes, aves e espécies marinhas, já não é novidade. Mas e se lhe dissermos que, na verdade, está a chover plástico e não existe um único recanto no planeta onde ele não consiga chegar?

Um novo estudo publicado na revista Science conclui que a poluição gerada pelo plástico está, literalmente, em todo o lado. No ar que respiramos, a viajar ao sabor do vento e a cair do céu. Janice Brahney, cientista da Universidade de Utah que liderou a investigação, avança que, a cada ano, chovem mais de mil toneladas de micropartículas de plástico em parques nacionais e zonas selvagens do oeste americano. Número que representa entre 123 e 300 milhões de garrafas plásticas. “É mesmo muito irritante pensar nisto”, reconheceu, em declarações ao jornal The New York Times.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoSociedade

Maior projeto de fusão nuclear do mundo promete energia ilimitada

MundoSociedade

Máscaras e luvas poluem rios europeus

MundoSociedade

Tráfico de animais ligado ao investimento chinês

MundoSociedade

Aquecimento global pode trazer ainda mais riscos aos peixes

Assine nossa Newsletter