Crise do coronavírus acentua desigualdade de género e cor, diz estudo - Plataforma Media

Crise do coronavírus acentua desigualdade de género e cor, diz estudo

Representatividade de mulheres e negros é maior nas atividades mais afetadas pela Covid-19 e com vínculos de emprego mais instáveis.

A crise provocada pelo coronavírus deverá acentuar desigualdades existentes no mercado de trabalho brasileiro, entre homens e mulheres, brancos e negros, de acordo com estudo feito por pesquisadores de uma rede articulada por várias instituições acadêmicas para monitorar o impacto da pandemia no país.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Assine nossa Newsletter