"Um murro no estômago." A reação do MAI a imigrante morto por inspetores do SEF - Plataforma Media

“Um murro no estômago.” A reação do MAI a imigrante morto por inspetores do SEF

A pandemia do Covid-19 é quase notícia única em Portugal e no mundo, mas Eduardo Cabrita confessa que “o murro no estômago” veio da morte de um imigrante ucraniano que alegadamente foi morto por inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

O ministro da Administração Interna recorda que o mais difícil dos últimos dias “foi o saber, no meio disto, daquele caso horrível no aeroporto de Lisboa, sobre a morte de um migrante”.

Leia mais em TSF

Related posts
PortugalSociedade

Caso Homeniuk. Supremo rejeita recurso de inspetores do SEF e mantém penas de prisão

Portugal

Diretor do SEF reconhece que havia armas não registadas

ChinaEconomia

Vistos 'gold': Investimento chinês recua 28% em 2020 para 158,8 ME

PortugalSociedade

Declarações sobre reestruturação do SEF foram um "erro" e um "descuido bondoso"

Assine nossa Newsletter