JOGO: A MAIOR QUEDA DE RECEITAS DESDE 2009 - Plataforma Media

JOGO: A MAIOR QUEDA DE RECEITAS DESDE 2009

 

Pelo quarto mês consecutivo, as receitas dos casinos caíram, mas a descida de setembro foi a pior desde 2009

 

Dados divulgados pela Direção de Inspeção e Coordenação de Jogos revelam que as receitas do jogo em setembro ficaram nos 25.564 milhões de patacas (3,223 mil milhões de dólares), num recuo de 11,7%, relativamente ao mês homólogo de 2013.

Este foi o quarto mês consecutivo de quebra homóloga da receita defendido oficialmente como um “ajustamento do mercado”, e os números de setembro espelham uma quebra apoenas comparável à registada em maio de 2009.

Os meso números assinalam uma subida ao primeiro lugar da Galaxy Resorts, habitual terceira classificada do ranking dos operadores, com uma quota de mercado de quase 23%. Em segundo lugar na obtenção de receitas encontra-se agora a Sands China, do norte-americano Sheldon Adelson, com uma quota de quase 22%, seguida da Sociedade de Jogos de Macau, empresa fundada por Stanley Ho, com quase 21%.

Os números referem que a receita acumulada nos primeiros nove meses do ano subiu para 275.941 milhões de patacas (34,8 mil milhões de dólares), mais 5,9% do que entre janeiro e setembro de 2013.

O aumento acumulado das receitas tem vindo, contudo, a cair em termos percentuais com as quebras nas receitas de jogo e entre agosto e setembro foi registada uma descida de 2,2 pontos percentuais depois de o acumulado em agosto estar a subir 8,1%, valor que em setembro caiu para 5,9%.

Para registar um valor idêntico ao apurado em setembro nas receitas dos casinos de Macau é preciso recuar a novembro de 2012, quando as salas de jogo apuraram receitas brutas de 24.882 milhões de patacas (3,17 mil milhões de dólares,), mas subiam 7,9% face a novembro de 2011.

A receita de setembro é a mais baixa de 2014 e está abaixo em quase 2.000 milhões de patacas (199,9 milhões de euros ao câmbio atual) face aos 27.215 milhões de patacas apurados em junho (2.720,7 milhões de euros ao câmbio atual), o primeiro mês a registar este ano uma quebra homóloga das receitas.

Está também muito longe, dos 38.007 milhões de patacas (2,52 mil milhões de dólares) apurados em fevereiro deste ano, o melhor mês de sempre nos casinos locais.

Apesar da quebra de 11,7% face a setembro de 2013, o fenómeno que atravessa os casinos de Macau, a única cidade chinesa onde o jogo em casino é legal, pode não ser tão negativo já que na comparação mensal com 2010, o mês de setembro regista uma subida de 67%, com 2011 um crescimento de 20% e com 2012 um aumento de 7,1%.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter