IGREJA CATÓLICA ASSINALA “OPORTUNIDADE” - Plataforma Media

IGREJA CATÓLICA ASSINALA “OPORTUNIDADE”

 

A Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) afirma que as eleições de domingo no arquipélago santomense são uma oportunidade para a população conviver na diferença e os resultados um contributo para o seu progresso.

Falando em Luanda, o porta-voz da CEAST, Manuel Imbamba, disse que os partidos políticos têm esta missão, acrescentando que isso vai fazer com que “todos se sintam responsáveis pela construção daquele país irmão”.

O bispo angolano referiu que o continente africano está “habituado a algumas conturbações em relação a qualquer espécie de eleições”, mas São Tomé e Príncipe tem as suas características específicas, permitindo ultrapassar qualquer eventual problema.

“É um país de ilha, um país pequeno, e creio que as diferenças que existem, por mais acesas que sejam, serão sempre bem acalmadas, graças à maturidade que aquele povo irmão vai começando a ter em relação ao suceder das eleições que eles têm vindo a fazer”, sublinhou.

“Por isso, o nosso augúrio é aquele de que essas eleições sirvam o bem do povo de São Tomé, sirvam para o seu desenvolvimento e que afinal de contas prevaleça aquela vontade de bem, aquela vontade de fazer salvaguardar o direito e construir um Estado participativo, inclusivo, que respeite as diferenças, mas sempre vistas como um bem para a própria comunidade no seu todo”, concluiu. São Tomé e Príncipe realiza eleições legislativas, autárquicas e regionais no dia 12 de outubro, às quais concorrem 12 formações políticas.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter