Carlos Semedo * - O ENSURDECEDOR SILÊNCIO DOS POLÍTICOS - Plataforma Media

Carlos Semedo * – O ENSURDECEDOR SILÊNCIO DOS POLÍTICOS

Pelo que se não tem ouvido nestas últimas semanas, está toda a gente calada desde o anúncio da data das eleições, porque afinal o “diabo” virou bom ou não era diabo ?

Afinal está bem no paraíso?

Afinal porque é e para quê fizeram tanto barulho, tantos gritos contra a ditadura, contra a falta de democracia, porque as eleições tinham de ser marcadas, tantas cenas de pugilato parlamentar, arruaças e negaças, insultos e agora está tudo bem?

Está tudo resolvido e na paz dos anjos no paraíso?

Os perseguidos políticos, os agitadores de fantasmas, os anti-diálogo que afinal são anti-tudo que não seja encher a sua própria barriga, já estão satisfeitos?

Todos os problemas que antes eram gritados no país e no estrangeiro deixaram de existir desde o anúncio da data das eleições?

Porque não se fala mais na questão de Malta contra São Tomé, será que Malta pediu desculpas por ter posto um pedido de arbitragem internacional contra São Tomépor causa da apropriação ilegal do conteúdo dos navios?

Ou será que todos “viraram” avestruz e enterraram a cabeça na areia?

Afinal eram ou não os navios do Patrice?

Afinal o governo que fez negócio com o fuel dos navios já pagou ao tribunal?

O que é que o governo fez ao dinheiro que cobrou e com quem negociou?

Será que já se sabe a data do regresso do líder desejado ao país, ou agora virou tabu?

Afinal já se pode dizer que o governo estáa governar bem, o povo está de barriga cheia, os velhos e as crianças estão mais felizes, a justiça já está a julgar melhor?

Afinal os que só sabiam insultar e mentir já aprenderam as regras de manifestar opiniões livres e já sabem ser bem-educados, e será que aprenderam a discordar dentro do respeito que todos merecem?

Como se deu este milagre, ou de repente todos viraram mudos e cegos ou sem ideias?

Porque estão tão calados depois do anúncio da data das eleições?

Quais as notícias da queixa no Tribunal Penal Internacional?

O procurador adjunto do “edital de Patrice” já está promovido a Procurador da Republica, foi censurado, advertido, já o mandaram estudar melhor o código de processo penal?

O procurador geral da República, ainda bem, mantém-se “firme” no cargo!

Onde estão os programas de governo e as novas caras que nos vão governar depois de 12 de outubro de 2014?

Ou ainda é cedo demais para o povo que espera o banho o possa saber, ou será que não aparecem por não interessar dizer-lhe porque com o banho venha quem vier está bem e o povo que só manda nas urnas já deixou de mandar?

Serão os mesmos de sempre, que já nos mostraram que nada fizeram nem sabem fazer se não governarem-se?

Serão outros novos de nível de formação adequada e moralidade atestada, homens ou mulheres?

Afinal onde estão e porque estão tão calados?

 

*Téla Nón, São Tomé e Príncipe

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter