Cheias no Rio Grande do Sul já causaram 162 óbitos

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul confirmou no boletim das 19h desta quarta-feira (22) mais uma morte pelas fortes chuvas no estado, totalizando 162 óbitos. O número pode aumentar nos próximos dias, já que ainda há 75 desaparecidos. São 806 feridos.

por Nelson Moura

No total, 467 municípios foram afetados, sendo que 68.345 pessoas continuam desabrigadas e 581.633 foram desalojadas. Conforme o governo gaúcho, 82.666 pessoas foram resgatadas. Depois de quase três semanas de interrupção devido à inundação causada pelo lago Guaíba, a rede de ensino municipal de Porto Alegre retomou as atividades a partir de segunda-feira (20).

O retorno será escalonado, e mais 16 escolas reabriram na terça (21). Na rede estadual de ensino, 1.060 escolas foram afetadas em 248 municípios. Foram 378.989 estudantes impactados. No total, 567 escoladas foram danificadas e 67 estão servindo de abrigo para os moradores que perderam suas casas em meio a uma catástrofe climática sem precedentes no estado.

Segundo a Defesa Civil, 1.847 escolas já retornaram às aulas. Outras 493 ainda não voltaram e 325 delas ainda não têm data prevista.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!