Biscoito maisena, bolinho recheado e até alimentos ‘plant based’ têm traços de agrotóxicos

Estudo analisou 24 produtos ultraprocessados. Empresas afirmam que níveis são permitidos pela Anvisa, enquanto agência diz que segue padrões preconizados internacionalmente

por Nelson Moura

Biscoitos maisena e bolinhos industrializados podem não fazer parte da dieta de brasileiros preocupados com a saúde. Mas mesmo alimentos congelados à base de plantas e grãos, chamados de plant based, supostamente mais saudáveis, possuem traços de agrotóxicos.

É o que aponta o levantamento do 3º relatório “Tem veneno nesse pacote”, divulgado anualmente pelo Idec (Instituto de Defesa de Consumidores) e que analisa a presença dos compostos em ultraprocessados. Os testes avaliaram resíduos de até 563 agrotóxicos diferentes.

Outros alimentos populares com traços das substâncias são os macarrões instantâneos da marca Nissin (o famoso miojo), o bolinho Ana Maria sabor chocolate e bebidas lácteas. Foram avaliados mais de 24 produtos de oito categorias diferentes.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!