Início Brasil Bolsonaro reúne milhares na Paulista, nega trama golpista e pede anistia e pacificação

Bolsonaro reúne milhares na Paulista, nega trama golpista e pede anistia e pacificação

Ex-presidente critica penas pelos ataques de 8/1 e aponta 'abuso' de alguns mas sem citar o Supremo Tribunal Federal neste momento

Acuado diante de investigações em torno de uma trama golpista, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) reuniu milhares de apoiadores neste domingo (25) na avenida Paulista, em São Paulo, e fez um discurso no qual maneirou a conhecida agressividade contra o STF (Supremo Tribunal Federal), disse buscar a pacificação do país e pediu anistia aos presos pelo ataque golpista de 8 de janeiro de 2023.

Ao longo de sua fala, toda de improviso, o ex-presidente também reclamou do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por estar inelegível, criticou o STF pelas penas impostas aos que participaram dos ataques de 8 de janeiro, agradeceu aos presentes, lembrou da facada que sofreu e fez um balanço de seu governo.

Bolsonaro também reclamou do “abuso por parte de alguns que trazem a insegurança para todos nós”. O ex-presidente fez ataques ao presidente Lula (PT), sem citar o petista, disse que tem levado “pancadas” e falou em “perseguição” imposta contra ele, especialmente após ter deixado a Presidência.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!