Abusos sexuais na Igreja em Portugal. Plano de indemnização aberto a todas as vítimas

O futuro plano de indemnização às vítimas de abusos sexuais na Igreja católica será aberto a todos, incluindo a quem denunciou casos à Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais de Crianças na Igreja Católica, que concluiu o trabalho há quase um ano.

por Gonçalo Lopes

O Grupo VITA, que surgiu na sequência do trabalho desta comissão, vai apresentar esta segunda-feira plano para definir os termos das indemnizações financeiras à Conferencia Episcopal Portuguesa, que por sua vez promete revelar ainda este mês os termos acordados.

Em declarações à TSF, Paula Margarido, coordenadora das comissões diocesanas que trabalham em colaboração com o Grupo VITA, assegura que todos serão apoiados.

“Não se pense que quem apresentou a sua sinalização junto da Comissão independente está impedido de o fazer junto do Grupo VITA, ou junto da respetiva Comissão diocesana.”

Leia mais em TSF

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!