Início Desporto “Farense-Sporting foi o jogo mais escandaloso do campeonato”

“Farense-Sporting foi o jogo mais escandaloso do campeonato”

Dirigente do FC Porto visou as arbitragens dos jogos dos rivais, em declarações aos meios do clube

Para Luís Gonçalves, administrador da SAD do FC Porto, o triunfo do Sporting em Faro foi “o jogo mais escandaloso do campeonato”. Em declarações aos meios do clube azul e branco, o dirigente apontou também a jogos do Benfica.

Farense-Sporting: Esse é, talvez, o jogo mais escandaloso deste campeonato. Aquilo a que se chama uma vergonha. Não tenho qualquer dúvida em dizer esta palavra: foi uma vergonha. Foram decisões todas elas que foram conduzidas num determinado caminho. O jogador do Farense é expulso aos 18 minutos, o Gonçalo Silva, num lance dúbio, quanto muito seria amarelo. Até podemos dizer que aceitamos. Temos uma do Hjulmand que tem segundo amarelo claro, toda a gente viu menos o árbitro e o árbitro assistente. Não sei se o quarto árbitro tinha essa capacidde, mas o assistente tinha. E o Rúben Amorim, claro, aproveitou, chegou ao intervalo e tirou o jogador. E no final, quando estava 2-2 e provavelmente não haveria mais golos, há um lance do Edwards que é considerado penálti pelo Luís Godinho, uma coisa inacreditável. E o que é mais inacreditável é que não sabemos o que estava Manuel Mota a fazer. O que não conseguiu ver? Toda a gente viu menos o Manuel Mota. O Luís Godinho ter-se enganado, até aceito, eu conheço-o bem e ele às vezes engana-se. Eu, sinceramente, não gosto muito, pronto, mas isso não quer dizer que seja bom ou mau árbitro. Mas o Manuel Mota estava lá, acho eu, não se sentiu muito, mas naquele lance deveria ter aparecido e dito alguma coisa, não disse mais uma vez. E são quatro pontos que o Sporting tem a mais. Basta.”

Leia mais em O Jogo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!