Início » China ganha tratamento especial da África do Sul em cúpula do Brics

China ganha tratamento especial da África do Sul em cúpula do Brics

A África do Sul é a anfitriã da cúpula do Brics que começa nesta terça-feira (22) em Joanesburgo. Mas um dos dirigentes dos países que integram o grupo formado ainda por Brasil, Rússia, Índia e China ganhará tratamento preferencial dos sul-africanos ao longo do evento —o líder do regime chinês, Xi Jinping.

Xi será recebido em visita de Estado poucas horas antes do início dos trabalhos da cúpula do bloco. O metafórico tapete vermelho estendido a ele pode ser lido como um reflexo da assimetria que existe nas relações entre os países do Brics, com Pequim ampliando cada vez mais a sua influência sobre os demais participantes do grupo.

A reunião de Cyril Ramaphosa (África do Sul), Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil), Narendra Modi (Índia) e Xi começa à tarde, com um evento empresarial na capital do país. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, não viajou a Joanesburgo devido a um mandado de prisão expedido contra ele pelo TPI (Tribunal Penal Internacional) por supostos crimes de guerra na Ucrânia. Ele participará da cúpula virtualmente.

Diversos outros convidados ainda participam do evento. Além de chamar líderes de outros países do continente, a África do Sul também convocou a presença de nações que demonstraram interesse em entrar no bloco. A expectativa, assim, é de que o evento atraia dezenas de representantes estrangeiros ao país.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!