Aeroportos em Portugal movimentaram recorde de 31 milhões de passageiros

O primeiro semestre do ano fez-se de novos recordes para o turismo do país - quer em dormidas e hóspedes, quer em receitas. E os números sentiram-se também na principal porta de entrada de visitantes no país. Entre janeiro e junho foi movimentado um recorde de 31 milhões de passageiros nos aeroportos nacionais, que compara com os 24 milhões de passageiros movimentados em igual período de 2022 (+28,4%). Os números representam ainda um crescimento de 12% face ao primeiro semestre de 2019, revelam os dados divulgados esta segunda-feira, 14, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

por Gonçalo Lopes

“Desde o início de 2023, têm-se verificado máximos históricos nos valores mensais de passageiros nos aeroportos nacionais”, destaca o gabinete de estatística.

A estatísticas rápidas do transporte aéreo revelam ainda que foi o aeroporto de Lisboa que registou o maior crescimento entre janeiro e junho: +30,9% face a 2022 e +8,7% em comparação com o primeiro semestre de 2019. O aeroporto Humberto Delgado foi responsável pela maior fatia do movimento de passageiros do país, com uma expressão de 50,8%, totalizando 15,9 milhões de passageiros.

Segue-se o aeroporto do Porto, cujo movimento de passageiros subiu 28,1% e o aeroporto de Faro com um crescimento de 20,6%.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!