Ruptura dos cabos submarinos pode afectar qualidade da internet em Angola

Uma ruptura registada nos três principais cabos submarinos, WACS, SAT3 e ACE, que ligam a costa ocidental de África à Europa poderá afectar na qualidade da internet e das comunicações em Angola, informou, terça-feira, a Angola Cables, num comunicado.

por Gonçalo Lopes

“Em Angola vai sentir-se apenas uma ligeira degradação na qualidade da internet e das comunicações porque a Angola Cables continua a garantir as comunicações internacionais angolanas, através de uma rota alternativa, disponibilizada pelos seus sistemas submarinos SACS e MONET, que ligam Luanda ao Brasil aos Estados Unidos”, refere o documento.

O corte pode ter acontecido a mais de 150 quilómetros do estuário do rio Congo, que afectou todas as comunicações internacionais entre os países a sul da República Democrática do Congo com a Europa.

De momento, ainda não são conhecidos mais pormenores sobre a exacta localização e a causa dos cortes.

Leia mais em Jornal de Angola

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!