Início » Estrangeiros investem 720 milhões em Portugal

Estrangeiros investem 720 milhões em Portugal

Portugal mantém-se no radar dos investidores internacionais e os ativos turísticos continuam na lista de negócios mais apetecíveis para o capital estrangeiro. Até ao final do ano, o investimento em hotelaria deverá atingir os 720 milhões de euros, revela a Cushman & Wakefield ao Dinheiro Vivo.

“Atualmente, estão em pipeline cerca de 720 milhões de euros de transações de hotelaria, em diferentes fases de negociação, que se prevê possíveis de conclusão até final deste ano”, adianta o head of hospitality da consultora em Portugal. Gonçalo Garcia explica que o ano arrancou a um ritmo mais lento, com apenas uma transação realizada até abril, num investimento de 20 milhões de euros, performance inferior às três transações registadas em igual período de 2022, que atingiram os 80 milhões de euros. Mas os números não são motivo de alarme nem “configuram uma tendência de abrandamento ou desinteresse do setor por parte dos investidores”, sublinha.

“O padrão de investimento no setor tem habitualmente maior predominância no segundo semestre. O sucesso observado no volume de investimento realizado em 2022 fez com que as operações não tenham resvalado para os primeiros meses deste ano”, indica o responsável. A confirmar-se, o investimento deste ano irá superar os números de 2019, de 552 milhões de euros, mas ficará ainda aquém de 2022. No ano passado foi batido um novo recorde no investimento em hotelaria, de 900 milhões de euros, impulsionado pela a compra do portefólio da ECS pelos norte-americanos da DK Partners.

A CBRE também traça um cenário positivo para este ano, à boleia do crescimento do turismo. No primeiro trimestre, os alojamentos turísticos do país somaram um novo recorde com 12,6 milhões de dormidas, um crescimento de 41% face a 2022 e de 14% em comparação com 2019. Os dados dão fôlego às perspetivas de que em 2023 será alcançado um novo marco no setor.

Leia mais em Diário de Notícias

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!