Início Angola FMI diz que Angola tem de combinar reformas em curso

FMI diz que Angola tem de combinar reformas em curso

Jornal de Angola

O economista do departamento africano do Fundo Monetário Internacional (FMI), Thibault Lemaire, disse, este domingo, que Angola tem de combinar reformas que garantam a manutenção da disciplina orçamental com reformas estruturais e planos de diversificação da economia.

“Em termos prospectivo, é necessária uma combinação de reformas para cumprir as metas orçamentais e da dívida, e assegurar a sustentabilidade e estabilidade, tal inclui a manutenção da disciplina orçamental, bem como a continuação da implementação de reformas orçamentais estruturais e de planos de diversificação”, afirmou Lemaire citado pela Lusa.

No seguimento da divulgação do relatório do FMI sobre a África subsaariana, no âmbito dos Encontros da Primavera do Fundo, o economista considerou que “Angola tem sido resiliente face aos choques externos e ao ciclo político” e acrescentou que a recuperação do crescimento económico no ano passado assenta no sector não petrolífero.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!