Início Atualidade Grupo mercenário Wagner diz que tomou toda a parte oeste de Bakhmut

Grupo mercenário Wagner diz que tomou toda a parte oeste de Bakhmut

O chefe do grupo paramilitar russo Wagner disse hoje que as tropas tinham tomado “toda a parte oeste” da cidade de Bakhmut, centro dos combates no leste da Ucrânia.

“As unidades de Wagner tomaram toda a parte oeste de Bakhmut, tudo o que fica a leste do rio Bakhmutka”, disse Yevgeny Prigozhin, numa mensagem áudio.

Nos últimos dias, a pressão aumentou consideravelmente sobre as forças ucranianas que defendem Bakhmut, enfrentando os avanços russos e a ameaça de cerco.

No último relatório, publicado na terça-feira pelo Instituto para os Estudos da Guerra, um painel norte-americano, afirma-se que as tropas do Kremlin tinham provavelmente capturado a parte oeste da cidade depois de uma “retirada controlada” das forças ucranianas.

Contudo, numa entrevista à cadeia de televisão norte-americana CNN, o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, assegurou que as tropas estavam determinadas a defender a cidade.

Depois de Bakhmut, os russos “podiam ir mais longe, (…) para Kramatorsk, para Sloviansk, o caminho ficaria livre (…) para outras cidades na Ucrânia”, explicou.

Ainda que o valor estratégico de Bakhmut seja contestado, a cidade ganhou importância simbólica e tática, dadas as pesadas perdas sofridas por ambas as partes. É a batalha mais longa e mortífera desde que a ofensiva russa começou em fevereiro de 2022.

*Com Lusa

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!