Jair Bolsonaro lamenta 8 de janeiro, mas diz haver injustiça

por Mei Mei Wong

O ex-presidente Jair Bolsonaro defendeu a apoiadores ao discursar em evento em Orlando, nos Estados Unidos, na noite de terça-feira, a eleição de Rogério Marinho para o comando do Senado na disputa que será realizada nesta quarta, ao mesmo tempo que lamentou os ataques aos Três Poderes por apoiadores radicais seus em 8 de janeiro, embora tenha afirmado haver injustiça nas punições.

“Amanhã é um dia importantíssimo para todos os brasileiros, a eleição da mesa do Senado federal que representa para nós, de acordo com a chapa vencedora, a volta à normalidade, uma certa pacificação”, disse ele no discurso, acrescentando que, “se Deus quiser” Marinho, que foi ministro de seu governo, será eleito.

Leia mais em: ISTOÉ

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!