Filmes da Marvel voltam a estrear na China após três anos de censura - Plataforma Media

Filmes da Marvel voltam a estrear na China após três anos de censura

Os filmes do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês) vão voltar a ser exibidos nos cinemas na China após três anos de censura não oficial imposta pelas autoridades de Pequim.

A informação foi hoje confirmada ao portal de notícias norte-americano ‘online’ Axios por um representante da Walt Disney, dona da Marvel Studios.

Na noite de terça-feira, a conta oficial da Marvel na rede social chinesa Weibo publicou os cartazes dos filmes “Black Panther: Wakanda para Sempre” e “Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania” com as respetivas datas de estreia.

A película “Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania”, considerada essencial na história e que abre a chamada “Fase 5” do MCU, vai ser exibida em 17 de fevereiro ao mesmo tempo que os restantes países do mundo, enquanto “Black Panther: Wakanda para Sempre” estreará em 07 de fevereiro, quatro esses depois de passar pelos cinemas internacionais.

Com este anúncio, o público chinês poderá mais uma vez desfrutar das histórias dos super-heróis desta franquia da Walt Disney, após a exibição de “Homem-Aranha: Longe de Casa” em dezembro de 2019.

Pequim nunca explicou oficialmente por que títulos como “Os Eternos”, “Thor: Amor e Trovão” e “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” nunca tiveram permissão para se estrearem nos cinemas chineses.

No entanto, várias causas têm sido apontadas para esse possível veto, como críticas de atores ou das produções das políticas do país asiático, os estereótipos da cultura chinesa representados em alguns filmes ou mesmo cenas LGBT.

Pequim limita o número de filmes estrangeiros exibidos nos cinemas através de um sistema de quotas traçado para só permitir a projeção de 34 produções por ano, isentando as coproduções.

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter