Falta de casas afasta alunos do Ensino Superior em Portugal - Plataforma Media

Falta de casas afasta alunos do Ensino Superior em Portugal

As residências sociais chegam a poucos estudantes, mesmo que peçam bolsa. A alternativa é procurar no mercado livre, onde há cada vez menos oferta e é mais cara. As associações denunciam que há quem não se matricule por não ter casa e pedem medidas.

Colocados 49 806 alunos na primeira fase do Ensino Superior, 11,6 % não se matricularam, percentagem superior a anos anteriores, sublinham as associações de estudantes. Argumentam que é, também, o reflexo das dificuldades que os deslocados têm em encontrar casa. Há menos quartos, mais caros e são cada vez mais os jovens que mantêm estes alugueres quando acabam o curso e começam a trabalhar. Não ganham para uma casa. A Margarida, a Joana, a Leonor, o Hugo e a Inês relatam essas contrariedades.

Leia também: Taxa de inflação sobe para 9,3% em Portugal. É o valor mais alto dos últimos 30 anos

“A habitação é a maior barreira para os estudantes que entram ou permanecem no Ensino Superior e está cada vez pior. Notámos que há uma maior afluência de estudantes e das suas famílias para os ajudar a encontrar um quarto, mas também sentimos que há menos quartos para alugar”, diz João Machado, presidente da Federação Académica de Lisboa.

Leia mais em: Diário de Notícias
Assine nossa Newsletter