Forças militares em alerta por visita de Guterres e Edogan à Ucrânia - Plataforma Media

Forças militares em alerta por visita de Guterres e Edogan à Ucrânia

O responsável declarou à televisão ucraniana que serão tomadas todas as medidas necessárias para o encontro entre Guterres e os presidentes da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e da Turquia, Recep Tayyip Redogan, que se realiza na cidade de Lviv.

Yusov invocou “provocações, bombardeamentos de artilharia e ataques aéreos” russos durante outras visitas de líderes à Ucrânia, bem como a anterior passagem de António Guterres por Kiev.

Leia ainda: Guterres pede a russos e ucranianos que cessem atividade militar central nuclear

Afirmou que os serviços de informações militares se preparam para “diferentes cenários” que poderão ocorrer durante a visita de Erdogan e Guterres, saudando ambos por darem o que considera ser um sinal de apoio à Ucrânia e por não terem medo de ataques russos.

A visita de António Guterres acontece depois do acordo alcançado no mês passado que permitiu retomar as exportações de cereais, depois de a invasão da Rússia ter bloqueado o abastecimento global destes produtos.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Related posts
PolíticaSociedade

EUA acredita que governo de Kiev autorizou atentado em Moscovo

Política

Ucrânia fecha a porta a diálogo com Putin, mas não com Moscovo

Política

Nove países ex-comunistas apoiam adesão da Ucrânia à NATO

Sociedade

Rússia sugere conquista de Donetsk como objetivo mínimo para encerrar guerra

Assine nossa Newsletter