Benfica: sonhar contra todas as probabilidades - Plataforma Media

Benfica: sonhar contra todas as probabilidades

O monumental favoritismo do Liverpool para a segunda parte da eliminatória com o Benfica é tão natural como foi a vitória dos ingleses em Lisboa, há uma semana.

A verdade é que o Liverpool habita hoje uma outra galáxia futebolística relativamente ao Benfica, ou a qualquer equipa portuguesa, muito por força da crescente assimetria que marca o futebol europeu. Os grandes clubes das principais ligas têm beneficiado de um processo cada vez mais profundo de concentração de poder e riqueza, tornando praticamente delirantes as aspirações de outros clubes serem competitivos na Champions.

Nesse sentido, para um clube como o Benfica, ou de outra qualquer liga que não faça parte das chamadas Big5 (Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França), é já um verdadeiro feito chegar aos quartos de final da competição. Por isso mesmo, é injusto não valorizar os desempenhos recentes dos clubes portugueses na Liga dos Campeões: nos últimos oito anos apenas dois representantes de Portugal e o Ajax furaram o monopólio dos clubes das Big5 nos quartos de final da prova. O FC Porto esteve presente nos quartos em 2015, 2019 e 2021, enquanto o Benfica fez o mesmo em 2016 e em 2022.

Uma espécie de competição desleal

Chegando a esta fase, as águias já mais do que cumpriram o seu dever. A partir daqui, tudo o que vier à rede é peixe, principalmente porque os tubarões das Big5 não costumam deixar alimento para mais ninguém. E sejamos claros, tubarões há poucos, mas são gigantes, e o Liverpool é um deles. Tem o valor de mercado do seu plantel estimado (pelo site Transfermarkt) em 900 milhões de euros (o segundo mais rico do planeta, apenas atrás do Manchester City), enquanto o Benfica (266 milhões) tem o plantel menos valioso dos oito quarto-finalistas da Champions. O Liverpool é ainda o terceiro classificado do ranking da UEFA, 23 lugares acima do 26.º do Benfica.

Leia mais em TSF

Related posts
MacauSociedade

Universidade de Macau aposta na internacionalização

AngolaPolítica

UNITA diz que Tribunal Constitucional aceitou providência cautelar

AngolaSociedade

“Caçadores de óbito”, os truques para matar a fome em Luanda à custa dos funerais

DesportoPortugal

Benfica garante que não tem contrato assinado com nenhum treinador

DesportoPortugal

634,5 milhões. O que separa o Benfica do Liverpool

DesportoPortugal

"Benfica venceu o Ajax de uma forma tipicamente portuguesa"

DesportoPortugal

Roger Schmidt apontado como próximo treinador do Benfica

Assine nossa Newsletter