Refugiados ucranianos já chegam aos 3,5 milhões - Plataforma Media

Refugiados ucranianos já chegam aos 3,5 milhões

O número de cidadãos ucranianos que fugiram do país devido à invasão russa alcançou os 3,48 milhões, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR), referindo que a maioria são mulheres, crianças e idosos.

No domingo, esta agência da ONU dava conta de 3.389.044 refugiados ucranianos e acrescentava ter ainda registado de mais 6,6 milhões de deslocados internos.

Segundo o ACNUR, a Polónia recebeu mais de dois milhões desses refugiados, enquanto centenas de milhares deixaram a Ucrânia para os países vizinhos Hungria, Eslováquia, Moldova, Roménia, Rússia e, em menor escala, para a Bielorrússia.

O fluxo de refugiados diminuiu ligeiramente nas últimas duas semanas, mas continua ininterrupto, tendo o ACNUR manifestado receio de que possa voltar a acelerar devido aos recentes ataques no oeste da Ucrânia, que até agora tinham permanecido relativamente intocados pelo conflito e eram considerados como um refúgio pelos ucranianos do leste.

Entre refugiados e deslocados internos, o ACNUR prevê que cerca de 10 milhões de ucranianos, quase um quarto da população total do país, tenham sido forçados a deixar as suas casas, afirmou o alto-comissário da organização, Filippo Grandi.

De acordo com o responsável, cerca de 90% dos que fugiram são mulheres e crianças. Os homens entre os 18 e os 60 anos podem ser mobilizados para os combates, pelo que não podem deixar o país.

Leia mais em TSF

Related posts
AngolaSociedade

“Caçadores de óbito”, os truques para matar a fome em Luanda à custa dos funerais

Política

Kremlin acusa Ucrânia de atrasar negociações após reunião sem acordo

Desporto

Governo britânico vai atrás do Manchester City

Sociedade

Catarina Furtado pede que conflito na Ucrânia não tire apoio a África

Mundo

"A única maneira de parar a guerra é dizendo a verdade ao povo russo"

Assine nossa Newsletter