Acaba segunda-feira a proibição de chegada de voos de fora da China

Acaba segunda-feira a proibição de chegada de voos de fora da China

A partir das 00:00 horas de segunda-feira, dia 24, aviões vindos de fora da China vão poder voltar a aterrar no Aeroporto Internacional de Macau

O fim das restrições foi anunciado passavam 13 minutos da meia-noite, num comunicado do Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus.

Há no entanto uma série de requisitos relacionados com a proveniência, e com a validade e a periodicidade, tanto dos testes de ácido nucleico como do plano vacinal.

Os passageiros com mais de 12 anos de idade devem apresentar um certificado que ateste o esquema vacinal inicial completo contra a COVID-19 há pelo menos 14 dias e com a última dose da vacina administrada nos últimos sete meses. Ou seja, com a última vacina administrada depois do dia 24 de Junho.

Quem parta dos Países que não estão na lista de extremo alto risco – quem provenha, por exemplo, de Portugal ou de outras paragens da Europa, deve apresentar o certificado negativo do teste de ácido nucleico com amostragem recolhida nas últimas 48 horas. E após a entrada em Macau, devem ser submetidos a observação médica de isolamento centralizado, por um período de 21 dias.

Os indivíduos provenientes dos países de extremo alto risco (Bangladesh, Brasil, Camboja, Índia, Indonésia, Irão, Nepal, Paquistão, Filipinas, Rússia, África do Sul, Sri Lanka, Tanzânia, Turquia, Estados Unidos da América, Botswana, Zimbabué, Namíbia, Lesoto, Suazilândia, Moçambique ou Maláui) devem apresentar três certificados negativos do teste de ácido nucleico da COVID-19 realizados, sucessivamente, nos últimos 5 dias. Os certificados devem ter pelo menos 24 horas de intervalo entre cada amostragem e após a entrada em Macau, devem ser submetidos a observação médica de isolamento centralizado, por um período de 28 dias.

Leia mais em TDM

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MacauPortugal

Portugueses sem BIR autorizados a entrar em Macau. Comunidade enaltece medida

ChinaMacau

Macau não se desvia do modelo “zero casos” do interior da China, diz DSS

MacauSociedade

Arrancaram esta manhã inscrições para nova ronda do cartão de consumo

MacauSociedade

Residentes vindos de Portugal podem optar por Hotel Regency Art

Assine nossa Newsletter