Presidente sul-africano testa positivo para a covid-19

por Filipa Rodrigues
AFP

O presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, testou positivo para a covid-19 este domingo e foi posto em isolamento, com tratamento para sintomas leves, anunciou a Presidência

Ramaphosa “está recebendo tratamento para sintomas leves de covid-19, depois de ter testado positivo hoje ao exame do vírus”, disse a Presidência. 

O chefe de Estado de 69 anos, que tem o esquema vacinal completo, começou a se sentir mal depois de participar de uma cerimônia em homenagem ao ex-presidente F.W. de Klerk, na Cidade do Cabo, mas está com bom ânimo e sob controle médico, acrescentou a Presidência.

A nova variante ômicron da covid-19 foi detectada no mês passado na África do Sul, o país africano mais afetado pela pandemia.

Ramaphosa deve permanecer em isolamento na Cidade do Cabo e delegou as responsabilidades do cargo ao vice-presidente, David Mabuza.

Os casos de covid-19 quase dobraram na África na última semana, com a propagação da variante ômicron, embora as hospitalizações na África do Sul continuem em um nível baixo, informou a ONU.

O escritório africano da Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que o continente registrou 107.000 casos adicionais de covid-19 na última semana em comparação com 55.000 na semana anterior.

A variante ômicron “está alcançando mais países na África”, destacou, após acrescentar que investiga se a nova variante é responsável por este aumento.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!